,

O que você precisa saber sobre prédio com acessibilidade

O que você precisa saber sobre prédio com acessibilidade

Prédio com Acessibilidade

O seu condomínio está preparado para oferecer acessibilidade?

As regras para prédio com acessibilidade valem para a construção de edificações novas e para obras de adaptação e visam facilar a mobilidade de pessoas com algum desafio físico.

Cerca de 23,9% da população brasileira,apresenta algum tipo de deficiência. Além disso, desde 2004 o artigo 18 do decreto n° 5.296 garante que as novas edificações residenciais multifamiliares, atendam às regras de acessibilidade em todas as áreas de uso comum, como salões de festas, portarias e garagens.

À parte a questão humanitária, analisando pelo viés financeiro, o impacto das adequações de acessibilidade no orçamento da obra é mínimo, não chega a 5% quando o prédio tem previsão de acessibilidade no projeto. Além disso, a valorização do imóvel pode chegar em 15%.

Portanto, o síndico deve investir em adaptações necessárias no condomínio para promover condições de Acessibilidade para todos. Essa medida também inclui as áreas comuns da edificação. Seja de forma permanente ou temporária, para idosos, gestantes, lactantes, pessoas com criança de colo e obesos.

De acordo com a lei, a cobrança de custo extra pelo serviço de adaptação das unidades residenciais não pode acontecer. Porém, a solicitação deverá ser entregue por escrito à construtora até o início da obra. Portanto, o morador interessado em levar a demanda sobre acessibilidade em reuniões, pode solicitar a convocação de assembleia para explicar as necessidades legais e sociais.

A seguir,  listamos algumas especificações obrigatórias

  • Os banheiros devem ter barras de apoio nas laterais do vaso sanitário, do box de chuveiro ou banheira.
  • As portas devem ter pelo menos 80 centímetros de largura, mais 60 centímetros na lateral do batente e ao lado da maçaneta.
  • As janelas devem respeitar os limites de alcance visual, de modo que seus módulos sejam movidos com apenas uma das mãos.
  • Interruptores de luz, tomadas elétricas e termostatos, pias, maçanetas, campainha e interfone devem ser instalados de acordo com a altura do morador. Em especial para pessoas com nanismo e cadeirantes.
  • Instalação de sinalizações táteis, em relevo e alarmes sonoros.
  • Os corredores devem assegurar ao menos uma faixa livre de obstáculos, sendo 90 centímetros de largura mínima para corredores de uso privado e 1,5 metros de largura mínima para uso público.

Agora que você sabe da importância da acessibilidade em seu condomínio, torne a sua construção acessível a todos, pois essa medida é fundamental para nossa sociedade e ainda valoriza o seu imóvel.

Sobre a Focon

A Focon Engenharia pode realizar uma Consultoria para Adequação de Acessibilidade com profissionais especializados que fazem o mapeamento para emissão de um laudo completo.

Além disso, vamos proporcionar o melhor custo x benefício, e preservar ao máximo as características já existentes da edificação, buscando sempre racionalizar os investimentos do cliente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Contatos

Entre em contato conosco e solicite um orçamento